O QUE É CONSÓRCIO?

Consórcio é a reunião de pessoas físicas e jurídicas em grupo, com prazo de duração e número de cotas previamente determinados, com a finalidade de propiciar a seus integrantes a aquisição de bens ou serviços por meio de autofinanciamento.

COMO FUNCIONA O CONSÓRCIO?

Ao adquirir uma cota de Consórcio, o cliente passa a fazer parte de um grupo que tem como objetivo comum adquirir bens móveis ou imóveis de forma parcelada. Através de contribuições mensais dos Consorciados, arrecadam o valor necessário para as contemplações, ou seja, a entrega dos bens escolhidos sem o pagamento de juros.

O QUE É UM CONSORCIADO?

É a pessoa física ou jurídica que integra o grupo de Consórcio, como titular de cota e assume a obrigação de contribuir para que os objetivos coletivos sejam integralmente alcançados na forma estabelecida pelo contrato, ou seja, a entrega dos bens escolhidos sem o pagamento de juros.

O QUE É UMA PROPOSTA DE ADESÃO?

É um contrato formal em que o Interessado em fazer parte de um grupo de Consórcio solicita a Administradora para ingressar em um grupo de Consórcio, aceitando as condições expressas no contrato.

O QUE É UM GRUPO DE CONSÓRCIO?

Um Grupo de Consórcio é a união de participantes com o objetivo de possibilitar a cada um, por meio da contribuição de todos, através do pagamento das parcelas mensais, o recebimento dos valores das cartas de crédito para aquisição de um bem ou conjunto de bens sem o pagamento de juros.

O QUE É UMA ADMINISTRADORA DE CONSÓRCIO?

É a pessoa jurídica devidamente Autorizada e Fiscalizada pelo Banco Central a formar grupos de Consórcios e administrar os negócios e interesses dos consorciados obedecendo a legislação.

O QUE É UMA COTA DE CONSÓRCIO?

A Cota de Consórcio Representa a participação individual de cada cliente em um grupo de consórcio. É identificada por um número fornecido pela Administradora, aleatoriamente, até a data da primeira assembleia do seu grupo.

EXISTE LIMITE DE COMPRA DE COTAS?

Existe somente limite para aquisição no mesmo grupo de consórcio. Para cotas adquiridas no mesmo grupo de consórcio existe o limite de 10%.

É NECESSÁRIO COMPROVAÇÃO DE RENDA?

No Momento de adquirir um Consórcio não é necessário avalista e não necessita comprovar renda no momento da compra, assim você pode começar a construir seu patrimônio imediatamente, mas para retirar seu bem, após a contemplação, seu cadastro será analisado igualmente acontece em qualquer banco ou financeira, podendo inclusive ser recusado ou solicitado um avalista.

De Acordo com a Lei, a Administradora de Consórcio é responsável por Proteger o Interesse coletivo de todos os demais Consorciados podendo responder por Prejuízos ao Grupo.

O QUE ACONTECE SE EU DESISTIR DO CONSÓRCIO?

Caso o participante do consórcio manifeste, expressa e inequivocamente, a intenção de não permanecer no grupo, por qualquer forma passível de comprovação, ele será considerado “consorciado excluído”, sendo, entretanto, vedada a exclusão de consorciado contemplado.

As condições para o recebimento da restituição dos valores pagos pelos participantes excluídos devem estar previstas no contrato de adesão. Tais condições não podem contrariar o disposto no art. 22 da Lei 11.795, de 2008, que prevê que os consorciados excluídos continuam concorrendo à contemplação para efeito de restituição de valores pagos.

Para os grupos constituídos até 5.2.2009 (data de entrada em vigor da regulamentação atual), a devolução de recursos aos consorciados excluídos ocorre apenas após a realização da última assembleia de contemplação do grupo.

O QUE É A TAXA DE ADMINISTRAÇÃO?

Consórcio e a Taxa de Administração – A taxa de administração corresponde ao valor pago às administradoras de consórcio pela formação, organização e administração do grupo.

O percentual da taxa de administração deve estar definido no contrato de adesão. Essa taxa é dividida pelo prazo de duração do grupo, ou seja, é diluída nas parcelas mensais.

O QUE É O FUNDO DE RESERVA?

Fundo de Reserva em Consórcio é a soma dos recursos de um fundo de emergência usado para socorrer o grupo em casos de cobertura de eventual insuficiência de receita nas assembleias de contemplação de forma a permitir a distribuição por sorteio de no mínimo, um crédito.
Ao Final do Grupo de Consórcio havendo saldo neste fundo será calculado e devolvido aos consorciados.

O QUE É O FUNDO COMUM?

O Que é o Fundo Comum no Consórcio – O valor destinado ao fundo comum corresponde ao valor do bem ou do serviço referenciado no contrato, por ocasião da constituição do grupo, dividido pelo número de prestações. Esse valor, juntamente com os recursos mensais dos demais consorciados, é utilizado para a realização das contemplações do grupo.

O QUE É O SALDO DEVEDOR?

Saldo Devedor no Consórcio – Saldo devedor no consórcio assim como ocorre no financiamento é o total de valores que ainda cabe ao consorciado realizar o pagamento.

NO CONSÓRCIO AS PARCELAS TEM REAJUSTES?

Sim, o reajuste existe para manter o poder de compra e ocorre somente se o preço do bem sofrer reajustes. O Reajuste das Prestações podem ser para Mais ou para Menos e ocorre anualmente no mês de aniversário da cota. O reajuste é calculado de acordo com o Índice estipulado em contrato ou outro Índice que venha substituir-lo de acordo com o Banco Central.

Os Automóveis podem Utilizar IPCA, IGP-M ou Tabela de Valor da Montadora, já  no caso dos Planos de Consórcio de imóveis, o reajuste é feito anualmente de acordo com o INCC ou IPCA.

CONSÓRCIO POSSUI TAXA DE ADESÃO?

Não, atualmente não existe taxa de adesão. Contudo, quando você entra em um grupo de consórcio, a administradora de consórcio, dependendo do Plano de Consórcio, poderá cobrar além da primeira mensalidade ou prestação, antecipação de 1% ou 2% de recursos relativos à taxa de administração, devendo tais valores serem deduzidos do valor total da taxa de administração durante o prazo de duração do grupo. Tudo isso deve estar previsto no contrato de adesão.

*Consulte-nos para melhores Esclarecimentos.

POSSO ANTECIPAR OS PAGAMENTOS NO CONSÓRCIO?

Sim, o consorciado poderá antecipar o pagamento do saldo devedor de acordo com as regras estabelecidas em contrato pela administradora.

O QUE É ASSEMBLEIA DE CONSTITUIÇÃO?

É a primeira assembleia geral ordinária do seu grupo. Considera-se constituído o grupo de consórcio com a realização da primeira assembleia, que será designada pela administradora de consórcio quando houver adesões em número e condições suficientes para assegurar a viabilidade econômico-financeira do empreendimento.

O grupo deve escolher, na primeira assembleia geral ordinária, até três consorciados que o representarão perante a administradora com a finalidade de acompanhar a regularidade de sua gestão.

O QUE É ASSEMBLEIA GERAL ORDINÁRIA?

A assembleia geral ordinária é realizada na periodicidade prevista no contrato de participação em grupo de consórcio, por adesão, e destina-se à apreciação de contas prestadas pela administradora e à realização de contemplações.

As administradoras de consórcio, nas assembleias gerais ordinárias dos grupos, devem disponibilizar aos consorciados as demonstrações financeiras do respectivo grupo e a relação completa e atualizada com nome e endereço de todos os consorciados ativos do grupo a que pertençam, fornecendo cópia sempre que solicitada e apresentando, quando for o caso, documento em que esteja formalizada a discordância do consorciado com a divulgação dessas informações, bem como fornecer quaisquer outras informações relacionadas ao grupo, quando solicitadas.

O QUE É ASSEMBLEIAS EXTRAORDINÁRIAS?

A assembleia geral extraordinária é convocada pela administradora de consórcio, por iniciativa própria ou por solicitação de 30% dos consorciados ativos do grupo, para deliberar sobre quaisquer outros assuntos que não os afetos à assembleia geral ordinária.

O QUE É A CARTA DE CRÉDITO?

Carta de Crédito de Consórcio Trata-se de documento representativo do valor a que o consorciado passa a ter direito quando é contemplado por sorteio ou por lance vencedor. Sua Carta de Crédito tem valor de Pagamento à Vista e ainda oferece Liberdade de escolha pois pode ser utilizada para adquirir Imóveis Novos ou Usados, Carros, Motos e Caminhões Novos ou Usados de qualquer Marca e Modelo.

*Conferir Condições com seu Consultor

POSSO QUITAR UM FINANCIAMENTO?

Sim, o valor da Carta de Crédito de Consórcio poderá ser utilizado na quitação de financiamento para aquisição de um bem em nome do consorciado. É possível utilizar o crédito para este fim assim que for contemplado, mas, somente se o valor da Carta de Crédito for suficiente para a quitação total do saldo devedor do financiamento.

CARTA DE CRÉDITO COM VALOR DIFERENTE DO BEM

Caso o valor do bem seja inferior ao valor da Carta de Crédito do consórcio será possível utilizá-lo para quitar as parcelas a vencer na ordem inversa e ainda pode-se utilizar para pagar despesas de Seguros, Impostos e Custos Cartoriais na Transferência do bem. Caso o valor do bem desejado seja superior ao crédito ficará o consorciado responsável por complementar o valor restante com recursos próprios.

O QUE É A CONTEMPLAÇÃO?

Contemplação é a atribuição ao consorciado do crédito para a aquisição de bem ou serviço. O crédito corresponde ao valor atualizado do bem ou do serviço na data da sua contemplação. No caso do consorciado excluído, o crédito corresponde ao valor a ser pago para a restituição das parcelas pagas, e é considerado crédito parcial.

PRAZO DE CONTEMPLAÇÃO?

O vendedor de consórcio não pode prometer a contemplação imediata. A Contemplação no Consórcio pode ocorrer de duas maneiras: Através de Sorteio ou através do Lance Livre e do Lance Fixo.

Através do Sorteio você pode ser sorteado em todos os meses de duração do seu plano.

Através do Lance Livre você pode ser contemplado caso o seu Lance seja o de Maior Valor dentre todos os demais Lances Ofertados.

Através do Lance Fixo a Administradora de Consórcio estabelece uma Porcentagem, por exemplo 25% ou 30%, e havendo mais de uma pessoa que ofertou Lance nesta categoria o vencedor será obtido através de sorteio.

Os critérios para participar dos sorteios e para oferecimento de lances devem estar previstos no seu contrato, que deve, inclusive, indicar se há possibilidade de oferecimento de lance ou realização de sorteios pela internet. Os critérios de desempate também devem estar previamente definidos.

Lembre-se de que as contemplações dependem da existência de recursos em seu grupo.

QUANTAS PESSOAS SÃO CONTEMPLADAS POR SORTEIO?

O Número de pessoas sorteadas em cada assembleia pode variar de acordo com a quantidade de consorciados em cada grupo, quanto maior a quantidade de pessoas no grupo mais dinheiro será destinado ao fundo comum o que permitirá um número maior de contemplação.

O QUE É O LANCE LIVRE NO CONSÓRCIO?

Lance Livre no Consórcio – Nesta modalidade de Lance o consorciado oferta o percentual que desejar e caso este seja o Maior Lance ofertado então será declarado vencedor.
No Consórcio o Consorciado poderá ser contemplado por meio do Sorteio, Lance Fixo ou Lance Livre vencedor na Assembleia Ordinária de seu grupo. Para participar dos Sorteios ou Lances as parcelas devem ser pagas mensalmente até a data do vencimento.

O QUE É O LANCE FIXO NO CONSÓRCIO?

Lance Fixo no Consórcio – O Lance Fixo é um percentual, sobre o valor do crédito somado as taxas, definido pela administradora de consórcio.
O Consorciado que optar pela Modalidade de Lance Fixo vai concorrer apenas com os demais consorciados que também tenham optado pela Modalidade de Lance Fixo.

No Consórcio o Consorciado poderá ser contemplado por meio do Sorteio, Lance Fixo ou Lance Livre vencedor na Assembleia Ordinária de seu grupo. Para participar dos Sorteios ou Lances as parcelas devem ser pagas mensalmente até a data do vencimento.

O QUE É O LANCE EMBUTIDO NO CONSÓRCIO?

No Consórcio o Lance Embutido é a possibilidade de se utilizar um percentual do próprio crédito a que o consorciado teria direito, ao qual ele pode utilizar para ofertar lances sem utilizar recursos próprios ou para complementar um valor já existente.

O Lance Embutido pode ser utilizado para complementar tanto o lance fixo quanto o lance livre e assim o consorciado pode utilizar o lance embutido para aumentar as chances de contemplação no consórcio.

COMO POSSO OFERECER UM LANCE NO CONSÓRCIO?

O Consorciado poderá oferecer lances no conforto da sua casa através da internet acessando uma área exclusiva onde o consorciado pode oferecer lances e também acompanhar ao vivo a transmissão da Assembleia Ordinária onde ocorre os sorteios e lances. O Consorciado Também tem a possibilidade de oferecer lances Pessoalmente no Local onde esta sendo realizado a Assembleia do seu Grupo. Através da Internet o consorciado tem acesso a todas as novidades do seu grupo e com a facilidade de oferecer lances pela internet é só escolher o valor do seu lance, torcer e vibrar.

Antes de ofertar Lances no Consórcio o Consorciado deverá sempre levar em consideração as regras estabelecidas pela administradora para o grupo ao qual faz parte.

Em caso de Dúvidas é só entrar em contato através de várias maneiras disponíveis na nossa página de contato.

QUAIS AS GARANTIAS EXIGIDAS PELA ADMINISTRADORA?

As garantias iniciais em favor do grupo de consórcio devem recair sobre o bem adquirido por meio do consórcio. No caso de consórcio de bem imóvel, é facultado à administradora aceitar em garantia outro imóvel de valor suficiente para assegurar o cumprimento das obrigações pecuniárias do contemplado em relação ao grupo.

Além disso, admitem-se garantias reais ou pessoais, sem vinculação ao bem referenciado, no caso de consórcio de serviço de qualquer natureza, ou quando, na data de utilização do crédito, o bem estiver sob produção, incorporação ou situação análoga.

A administradora pode exigir garantias complementares proporcionais ao valor das prestações vincendas.

POSSO PEGAR MINHA CARTA DE CRÉDITO EM DINHEIRO?

A finalidade do consórcio é a aquisição de bens, conjunto de bens, serviços ou conjunto de serviços. No entanto, é possível receber o valor do crédito em espécie, mediante quitação de suas obrigações para com o grupo, caso ainda não tenha utilizado o respectivo crédito decorridos 180 dias da contemplação.

Além disso, dentro de sessenta dias, contados da data da realização da última assembleia de contemplação do grupo de consórcio, a administradora deve comunicar aos consorciados que não tenham utilizado os respectivos créditos, por meio de carta com Aviso de Recebimento, telegrama ou correspondência eletrônica, que os valores estão à disposição para recebimento em espécie.

O SISTEMA DE CONSÓRCIO É FISCALIZADO?

Consórcio Banco Central do Brasil – Sim, O Sistema de consórcio é regulamentado e fiscalizado pelo Banco Central do Brasil. Essa é uma atribuição do Banco Central do Brasil, conforme disposto em lei.

COMO SABER SE A ADMINISTRADORA É AUTORIZADA?

O Banco Central é o Órgão responsável pela regulamentação e fiscalização do sistema de consórcio.
A relação completa das administradoras de consórcio autorizadas a funcionar pelo Banco Central do Brasil está disponível no site do Banco Central do Brasil Neste LINK

QUEM PODE ABRIR E ADMINISTRAR GRUPO DE CONSÓRCIO?

Somente as Administradoras de Consórcio, empresas prestadoras de serviços responsáveis pela formação e administração de grupos de consórcios, devidamente autorizadas pelo Banco Central do Brasil.
Há uma série de exigências que as empresas têm que cumprir para poder operar no mercado como Administradora de Consórcio. Essas exigências podem ser consultadas na página do Banco Central do Brasil Neste LINK  no título 6 – Administradoras de Consórcio.

É PRECISO LER O CONTRATO DE ADESÃO?

Sim. O contrato de adesão ao Grupo de Consórcio é o instrumento plurilateral de natureza associativa que, assinado pelo consorciado e pela administradora de consórcio, formaliza o ingresso em grupo de consórcio e cria vínculos obrigacionais entre os consorciados e destes com a administradora. No contrato devem estar expressas as condições da operação de consórcio, bem como os direitos e deveres das partes contratantes.

O art. 54 do Código de Defesa do Consumidor (Lei 8.078, de 1990) prevê que os contratos de adesão sejam redigidos de forma clara, com caracteres legíveis e com destaque para as cláusulas que implicam limitação de direito do consumidor.

EXISTE PRAZO PARA ADQUIRIR O IMÓVEL?

Não há prazo para a aquisição do bem após a contemplação. Mas, uma vez contemplado, o valor correspondente ao crédito será apartado dos recursos do fundo comum do grupo e receberá rendimentos de aplicação financeira até o momento da sua utilização.

POSSO PEGAR MINHA CARTA DE CRÉDITO EM DINHEIRO?

A finalidade do consórcio é a aquisição de bens, conjunto de bens, serviços ou conjunto de serviços. No entanto, é possível receber o valor do crédito em espécie, mediante quitação de suas obrigações para com o grupo, caso ainda não tenha utilizado o respectivo crédito decorridos 180 dias da contemplação.

Além disso, dentro de sessenta dias, contados da data da realização da última assembleia de contemplação do grupo de consórcio, a administradora deve comunicar aos consorciados que não tenham utilizado os respectivos créditos, por meio de carta com Aviso de Recebimento, telegrama ou correspondência eletrônica, que os valores estão à disposição para recebimento em espécie.

POSSO COMPRAR IMÓVEIS COMERCIAIS COM O CONSÓRCIO?

Dentre as várias vantagens do consórcio está a possibilidade de usar a carta de crédito do consórcio para aumentar seu patrimônio investindo em imóveis comerciais para obter renda através do aluguel de lojas e salas comerciais.

Através do Consórcio o consorciado tem mais opções de escolhas pois pode escolher entre imóveis residencial ou comercial, novo ou usado, casa de campo ou casa na praia, localizado dentro do território nacional, desde que tenha habite-se e seja urbanizado.

O QUE POSSO COMPRAR COM O CONSÓRCIO DE IMÓVEIS?

Através do Consórcio o consorciado tem mais opções e facilidade na hora de escolher o imóvel que pretende adquirir. O consórcio de imóveis representa a melhor opção para quem pretende comprar um imóvel, novo ou usado, casas, apartamentos, terrenos, salas e lojas, buscando uma alternativa mais econômica, sem juros e sem entrada, para aumentar seu patrimônio.

POSSO CONSTRUIR OU REFORMAR COM O CONSÓRCIO DE IMÓVEIS?

Através do Consórcio é possível utilizar a carta de crédito para reformar imóvel que já possui ou para construir em terreno de sua propriedade.

POSSO QUITAR FINANCIAMENTO IMOBILIÁRIO COM O CONSÓRCIO?

Sim, a legislação atual permite a quitação total de financiamento com o crédito recebido na contemplação.

O Consorciado contemplado pode realizar a quitação total de financiamento imobiliário, de sua titularidade, nas condições previstas no contrato, de bens e serviços possíveis de serem adquiridos por meio do crédito obtido.

E SE EU NÃO CONSEGUIR MAIS PAGAR O CONSÓRCIO DE IMÓVEIS?

Algumas soluções para o consorciado que percebeu que por algum motivo não conseguirá mais pagar as parcelas do consórcio é tentar algumas saídas:

  1. O Consorciado tem a possibilidade de passar a sua participação no grupo de consórcio para um interessado em comprar a sua cota.
  2. O Consorciado não contemplado tem a possibilidade de diminuir o valor do bem e assim diminuir o valor das parcelas junto da administradora.
  3. O Consorciado pode solicitar a administradora do consórcio sua exclusão do grupo e assim aguardará ser sorteado para receber o dinheiro que pagou até aquele momento descontado a multa.

AS PARCELAS DO CONSÓRCIO DE CARRO SOFREM REAJUSTES?

Sim, o reajuste no consórcio existe para acompanhar o valor do bem e garantir o poder de compra do consorciado. No Consórcio de Automóveis o reajuste acompanha o valor da tabela do fabricante do veículo que você escolheu, podendo ter aumento ou diminuição do valor do veículo.

COMO FAÇO PARA COMPRAR O CARRO COM CONSÓRCIO?

Após a contemplação o consorciado irá receber um documento chamado “Carta de Crédito” no valor do bem escolhido. Com esta carta de crédito em mãos o consorciado irá ter a liberdade de escolher a Marca, Modelo e a loja aonde encontrar o melhor preço, lembrando que a Carta de Crédito do Consórcio tem valor de pagamento à vista.

A Administradora irá fazer a transferência do dinheiro diretamente ao vendedor ou loja responsável pela venda do veículo após a entrega da documentação da venda e alienação do veículo como garantia de pagamento dos restantes das parcelas do consórcio.

APÓS A CONTEMPLAÇÃO TENHO QUE CONTINUAR PAGANDO O CONSÓRCIO?

Sim, após a sua contemplação no consórcio de veículos você deverá continuar com os pagamentos do consórcio até que o plano, com o prazo em meses, que você escolheu chegue ao fim com todos os consorciados do seu grupo também contemplados.

O Consórcio é a união de um grupo de pessoas para a obtenção de bens de consumo sem o pagamento de juros que ocorrem no financiamento bancário.

E SE EU ATRASAR O PAGAMENTO DO CONSÓRCIO DE CARRO?

Assim como no financiamento haverá cobrança de juros e multa pelo atraso do pagamento das parcelas do consórcio. Porém no consórcio parte do valor obtido com multas e juros será somado ao fundo comum para contemplação dos consorciados.

Assim que o Consorciado em atraso realizar o pagamento das parcelas em atraso já poderá participar do sorteio seguinte e também oferecer lances.

Havendo falta de pagamento das parcelas por um período superior o consorciado poderá sofrer consequências mais graves como se tornar um consorciado excluído do grupo.

O Consorciado não contemplado tem a possibilidade de negociar com a administradora a diminuição dos valores das parcelas mensais

O Consorciado que já tenha sido contemplado e deixou de pagar as parcelas do consórcio, neste caso a administradora poderá entrar com um processo e fazer a apreensão do automóvel.

E SE EU NÃO CONSEGUIR MAIS PAGAR O CONSÓRCIO DE CARRO?

Algumas soluções para o consorciado que percebeu que por algum motivo não conseguirá mais pagar as parcelas do consórcio é tentar algumas saídas:

  1. O Consorciado tem a possibilidade de passar a sua participação no grupo de consórcio para um interessado em comprar a sua cota.
  2. O Consorciado não contemplado tem a possibilidade de diminuir o valor do bem e assim diminuir o valor das parcelas junto da administradora.
  3. O Consorciado pode solicitar a administradora do consórcio sua exclusão do grupo e assim aguardará ser sorteado para receber o dinheiro que pagou até aquele momento descontado a multa.

POSSO COMPRAR UM VEÍCULO USADO COM O CONSÓRCIO?

Através do consórcio você tem a liberdade de escolher a Marca e Modelo do seu veículo novo ou usado.

Agora fique atento pois todas as administradoras costumam colocar um limite em relação ao ano de fabricação do veiculo, então, verifique essa condição no contrato ou através da nossa página de “Contato”.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO: ECONOMIA!

O Sistema de Consórcio é autofinanciamento por isto NÃO existe cobrança de Juros.

Além de Não ter cobrança de juros o consórcio é Sem Entrada e Sem Parcelas Intermediárias.

No Consórcio além do consorciado economizar por não pagar juros ele ainda economiza muito mais pois no Consórcio o consorciado não paga TAC (Taxa de Abertura de Crédito) e nem IOF (Imposto sobre Operações Financeiras) e os custos administrativos são diluídos durante todo o plano escolhido.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO: FLEXIBILIDADE!

O Consórcio possui Planos e Parcelas ideais para você.
O sistema de consórcio é bastante flexível. Por meio dele é possível escolher o bem desejado, o plano e o valor das parcelas que cabem no seu orçamento. No Consórcio você tem a possibilidade de Diminuir ou Aumentar o valor da sua Parcela Mensal através da alteração do valor da sua Carta de Crédito para Mais ou para Menos de acordo com o estabelecido em contrato pela administradora de consórcio.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO: COMPRA PLANEJADA!

Consórcio é Planejamento Financeiro – Comece a planejar o seu futuro agora mesmo! Com o Consórcio você pode concretizar o seu sonho e comprar a sua casa própria, trocar de automóvel, tudo isto SEM PAGAR JUROS é assim que você vai aumentar o seu patrimônio por meio de um investimento programado e SEM PAGAR JUROS, com toda a segurança e credibilidade do Sistema de Consórcio é capaz de oferecer. Um Sistema que é fiscalizado pelo Banco Central.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS? LIBERDADE!

Liberdade de Escolha – No Consórcio de Imóveis, a carta de crédito oferecida para a cota é um valor de referência que será atualizada anualmente conforme variação do índice estabelecido em contrato para manutenção do poder de compra. Ao ser contemplado (por sorteio ou lance vencedor), o consorciado contemplado receberá uma carta de crédito que poderá ser utilizada para a aquisição de um imóvel de maior ou menor valor, comercial ou residencial, novo ou usado, já construído e com habite-se da prefeitura local.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO DE IMÓVEIS? USAR O FGTS!

FGTS no Consórcio de Imóveis – No caso do consórcio de imóveis, você poderá utilizar os recursos do FGTS nas seguintes situações.
1ª. Pode o consorciado utilizar 100% do FGTS para ofertar de lance;
2ª. Pode o consorciado utilizar 100% do FGTS como complementação da carta de crédito de consórcio;
3ª. Para pagamento parcial (80% do valor da parcela nos 12 meses subsequentes) das prestações;
4ª. Amortização ou liquidação total da dívida;

Entretanto, para usar o FGTS deve-se observar as normas do SFH (Sistema Financeiro da Habitação) e as normas do Gestor do FGTS.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO: QUITAR FINANCIAMENTO!

Consórcio para Quitar Financiamento: O Consorciado contemplado poderá fazer uso da Carta de Crédito do Consórcio para quitação Total de financiamento em nome do próprio consorciado, esta vantagem é valida para consórcio de imóveis como também para consórcio de automóvel.

VANTAGENS DO CONSÓRCIO: VALORIZAÇÃO!

A Carta de Crédito do Consórcio contemplada pode valer muito mais do que você pagou nas prestações até aquele momento.
O Poder de Compra da Carta de Crédito no Consórcio é obtido pelo acompanhamento do índice de correção estipulado em contrato. A valorização da carta de crédito acompanha o reajuste para Mais ou para Menos das parcelas, seguindo o Índice de Correção, mantendo, assim, o seu poder de compra.

Não encontrou a resposta?
Estamos aqui para lhe prestar a melhor orientação para que você tome a melhor decisão.